Reflexões
da Alma

por Analu Caldas

Cantar com a alma é ter a coragem de expressar com a voz o que somos em nossa totalidade





Totalidade.

E somos muita coisa.

Não somos só alegria, nem só alinhamento.


Somos erros, somos defeitos, somos incômodos. Somos emoções.


Somos situações que não saem como o planejado.


Somos descontrole.


Em algum momento no aprendizado do canto você aprende que não vai controlar tudo.


Você entende que a voz é cíclica, assim como nós também.


Não tem como nos dividir em partes pra atingir certos resultados que queremos controlar.


Somos pessoas inteiras, somos o conjunto de muitas partes.


E precisamos de atenção enquanto multiplicidade que somos.


Quer soltar sua voz? Comece prestando atenção aos julgamentos que você tem sobre ela.


Comece prestando atenção às cobranças e expectativas que você tem com relação a si que te deixam sem voz. Com expressão presa.


Mas você já quer ter voz bonita sem ao menos deixá-la sair.


Como isso é possível? Queremos tudo pra ontem, queremos do nosso jeito.

Uma voz linda, lapidada, "controlada".


Como vamos melhorar uma voz que nem saiu?


Precisa sair primeiro. Precisa gritar e se libertar de tanta repressão, de tanta cobrança.


De tanta busca por perfeição.


#comocantar#vozlivre#expressaoartistica#arteliberta#cantarfazbem#cantoecura#artecura.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo